AS Notícias Online
HOME POLÍCIA POLÍTICA ESPORTE GERAL EVENTOS EMPREGOS AGENDA VÍDEOS CONTATO
Boa madrugada - Itabira, segunda, 19 de novembro de 2018  

POLÍCIA
Polícia busca testemunhas para esclarecer morte de Daniel Corrêa
De acordo com a Polícia Civil a causa da morte de Daniel Corrêa seria ferimento por arma branca, mas a motivação é desconhecida 30/10/2018

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Jogador encontrado morto no Paraná.
Jogador encontrado morto no Paraná.
PUBLICADO EM 29/10/18 - 16h47

Pouco se sabe sobre a morte do meia Daniel Corrêa Freitas, de 24 anos. O jogador, do São Paulo, emprestado ao Esporte Clube São Bento foi encontrado morto em uma área rural conhecida como Colônia Mergulhão, em São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba.

Segundo, Edmilson Pereira, superintendente da 1ª Delegacia de São José dos Pinhais e responsável pela investigação do caso, a polícia recebeu as informações sobre o corpo de moradores da região.

“O corpo foi identificado depois, quando foi levado ao IML (Instituto Médico Legal) e a causa da morte foi ferimento por arma branca”, disse o superintendente. Daniel apresentava cortes profundos na garganta e teve o pênis decepado.   

Caso nebuloso

Familiares e amigos não sabem o que levou Daniel até São José dos Pinhais e, de acordo com o superintendente Edmilson Pereira, o trabalho investigativo será intenso.

“Ainda não sabemos a motivação do crime, e não temos suspeitos. No momento, estamos colhendo depoimentos para descobrir o que o jogador estava fazendo aqui no Paraná, se tinha vindo visitar alguém... Tudo está sendo apurado”, explicou Pereira.

Henrique Corrêa, de 22 anos, primo de Daniel, afirmou que a família ainda tem dificuldade de assimilar o que aconteceu. “Está muito difícil, não sabemos porque ele viajou ou o que pode ter levado alguém a cometer um crime assim. Estamos desolados”, disse Henrique.

O corpo de Daniel será velado em Conselheiro Lafaiete, MG, onde moram os familiares do jogador de futebol. “Estamos aguardando a liberação do corpo, que deve acontecer hoje a noite. Como o transporte é terrestre deve chegar amanhã (terça-feira) a noite,” afirma o primo.

Carreira

Daniel fez sua estreia no futebol no Cruzeiro, mas foi só em 2013, no Botafogo, que jogou profissionalmente pela primeira vez. O meio-campista chamou atenção no time carioca ao marcar cinco gols em 28 jogos do Campeonato Brasileiro do ano seguinte.

Em 2015 foi contratado pelo São Paulo, mas o jogador não rendeu o esperado com a camisa tricolor, onde somou apenas 16 jogos sem marcar nenhum gol. Daniel, foi então emprestado ao Coritiba, mas uma tendinite no joelho direito, o tirou mais cedo dos campos.

O meia retornou a São Paulo, foi emprestado para a Ponte Preta em 2018, mas o desempenho não agradou e Daniel foi cedido ao São Bento, time pelo qual ainda vestia a camisa.

Em nota oficial o clube do interior se manifestou, lamentando a morte de Daniel.

“O Esporte Clube São Bento lamenta a morte do meia Daniel, confirmada pela assessoria de imprensa do atleta na noite deste domingo (28). O jogador foi contratado por empréstimo do São Paulo para reforçar o elenco do São Bento na Série B. A causa da morte ainda não foi informada.

A diretoria do clube lamenta o fato ocorrido e se solidariza com a família e amigos do jogador nesse momento de profunda tristeza.”

O Cruzeiro, time que revelou Daniel, também se manifestou em suas redes sociais

“O Cruzeiro Esporte Clube lamenta profundamente o falecimento do jogador Daniel, revelado nas categorias de base do Clube. Nossas condolências aos familiares e amigos neste momento de dor.”

 


 

 

E-mail: contato@regionaldigital.com.br

REGIONAL DIGITAL 2018. Todos os Direitos Reservados.
REGIONAL DIGITAL
INFORMAÇÃO DE QUALIDADE!
Desenvolvedor: SITE OURO