AS Notícias Online
HOME POLÍCIA POLÍTICA ESPORTE GERAL EVENTOS EMPREGOS AGENDA VÍDEOS CONTATO
Boa madrugada - Itabira, terça, 16 de outubro de 2018  

POLÍCIA
Ex-namorado é suspeito de matar cabeleireira a facadas em Governador Valadares
Atual companheiro da vítima também foi ferido, mas sobreviveu; polícia ainda procura pelo suspeito 07/08/2018

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
cabeleireira valadares
Perícia constatou que Tatiane levou sete facadas
PUBLICADO EM 06/08/18 - 19h00

A Polícia Civil em Governador Valadares, na região do Rio Doce, está a procura do ex-namorado da cabeleireira Tatiane Rodrigues da Silva, de 30 anos, suspeito de assassiná-la à facadas na madrugada deste domingo (5). O atual companheiro da vítima, de 25 anos, também foi esfaqueado no braço e na perna, mas sobreviveu. 

De acordo com a mãe da vítima, o suspeito do assassinato, de 33 anos, estava inconformado com o fim do relacionamento e chegou a ficar preso por cerca de dois meses por agredir a cabeleireira, que tinha uma medida protetiva contra ele.

Segundo o boletim de ocorrência, Vinícius Ribeiro Lopes, atual companheiro da vítima contou que eles voltavam de um churrasco na casa de um amigo. Ao chegarem em casa, no bairro Bela Vista, ela foi ao banheiro e ele ficou do lado de fora, trancando o portão da residência. Neste momento, ele conta que o autor apareceu dos fundos do quintal dizendo que mataria o casal.

Ele deu uma facada no braço e outra no cotovelo de Vinícius, que tentou fugir pulando o muro. Antes de conseguir acessar a residência vizinha, ele ainda foi atingido novamente na perna. O homem conta que de lá, ouviu a namorada implorar para não ser morta. Tatiane foi esfaqueada sete vezes e morreu no local.

Um policial militar que mora nas proximidades ouviu os gritos e viu o suspeito saindo com uma faca na mão. Ele abordou o homem e encontrou uma bolsa cor de rosa com documentos pessoais de Tatiane. O militar contou que ele estava com as roupas sujas de sangue.

No momento da abordagem, surgiu um outro homem relatando ao policial que havia visto um indidivíduo ferido por facadas. Ainda sem saber ao certo o que estava acontecendo, o militar foi revistar esse outro homem. Nesse momento, o suspeito do crime aproveitou para fugir.

Relacionamento

Vinícius, o atual companheiro da cabeleireira, disse à polícia que não sabia sobre o ex-namorado e sobre as ameaças. No entanto, a mãe da vítima contou que ao sair da cadeia, o suspeito procurou Tatiane para tentar reatar o namoro, mas ela negou.

Nesse dia, ele teria quebrado vários objetos na casa da vítima, o que gerou, inclusive, um boletim de ocorrência. Segundo a mãe, Tatiane sabia dos riscos que corria, mas havia dito que não se mudaria do bairro e que "se fosse morrer, seria ali mesmo".

 
 

 


 

 

E-mail: contato@regionaldigital.com.br

REGIONAL DIGITAL 2018. Todos os Direitos Reservados.
REGIONAL DIGITAL
INFORMAÇÃO DE QUALIDADE!
Desenvolvedor: SITE OURO