AS Notícias Online Pode Acreditar
HOME POLÍCIA POLÍTICA ESPORTE GERAL EVENTOS EMPREGOS AGENDA VÍDEOS CONTATO

GERAL
Aeroporto pode voltar a operar voos comerciais no ano que vem
09/12/2019

 
 
 

Após seis anos, o Aeroporto Prefeito Octávio de Almeida Neves, de São João del Rei, no Campo das Vertentes, pode voltar a operar voos comerciais. Segundo empresários da cidade, estão avançadas as tratativas com uma empresa aérea para a criação de rotas para Belo Horizonte, Rio de Janeiro (RJ) e Campinas (SP) já a partir do próximo ano. A expectativa é que a nova alternativa de transporte incentive o turismo em toda a região.

O terminal recebeu R$ 32 milhões em investimentos do governo mineiro e da Aeronáutica entre os anos de 2005 e 2007, quando foi inaugurado. Em 2008, o aeroporto chegou a atender 16,8 mil passageiros ao ano, mas, desde 2009, esse número começou a cair, e, em janeiro de 2014, a Azul, única empresa que atuava no local, encerrou a operação. Um ano antes, o Estado ainda investiu R$ 1,5 milhão na compra de um caminhão contra incêndio para aumentar a segurança e tentar manter os voos comerciais no aeroporto.

Funcionamento. Terminal recebeu voos comerciais por sete anos; intenção agora é ter nove pousos semanais no local

Segundo o presidente do Conselho Superior da Associação Comercial de São João del Rei, José Primeiro Teixeira Neto, as conversas com a Omni Táxi Aéreo para a retomada das operações regulares no terminal já estão adiantadas. O retorno deve ocorrer, de forma gradativa, a partir de janeiro, com o uso de uma aeronave ATR 42-500.

Demanda

O engenheiro de infraestrutura aeronáutica e proprietário de uma pousada em Tiradentes – a apenas 12 km de São João –, Mozart Mascarenhas Alemão, acompanha as negociações e participou da elaboração de um estudo entregue à empresa indicando que há demanda na região. Ele conta que a proposta apresentada a Omni é que sejam realizados três voos partindo de cada cidade – Rio de Janeiro, BH e Campinas – por semana, totalizando nove pousos semanais no aeroporto do Campo das Vertente. A ideia é que as viagens sejam às quartas e sextas, além de aos domingos, mas os detalhes ainda não foram acertados.

A Omni informou que as operações com o ATR 42-500 “são realizadas de acordo com as demandas dos contratantes em diversos aeroportos” e que, “no momento devido, se necessário”, atuará em São João del Rei. A Anac informou que o terminal está aberto ao tráfego aéreo, mas, para receber voos regulares, deve antes haver um pedido da empresa aérea, o que ainda não ocorreu.

Em sete anos de operação, foram sete rotas diferentes

Em sete anos de operação, o Aeroporto Prefeito Octávio de Almeida Neves operou sete rotas: Belo Horizonte, Juiz de Fora, na Zona da Mata, Varginha, no Sul de Minas, Rio de Janeiro (Galeão e Santos Dumont), São Paulo e Campinas (SP), segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

“O aeroporto conectou grandes centros com a região, que é extremamente turística, e facilitou a vinda de eventos. Houve um desenvolvimento muito grande”, avalia Ronildo Assis de Oliveira, secretário de Desenvolvimento Econômico de São João del Rei entre 2005 e 2008, época em que o aeroporto operou comercialmente. Ele salienta que as passagens “não são caras, e o trajeto é muito rápido”. “O turismo injeta recursos diretamente na economia, e as cidades se beneficiam disso”, pontua.

O aeroporto é de responsabilidade da Prefeitura de São João del Rei, mas, desde 2011, a empresa Socicam administra o local por meio de um contrato de concessão para operação, manutenção e exploração comercial por 15 anos. A Socicam informou que realizou investimentos no local, como na revitalização da área operacional e do terminal de passageiros, na compra de equipamentos e no combate a incêndio.

Hoje, o aeroporto opera, principalmente, voos executivos, táxi aéreo e fretamentos, mas a Socicam busca a retomada das operações comerciais: “Trabalhamos continuamente junto às companhias aéreas com o objetivo de atrair voos compatíveis com a infraestrutura do local”, disse em nota. 

Retomada beneficia 13 municípios da região

Embora fique em São João del Rei, o aeroporto pode atender, em um raio de 100 km, outros 13 municípios, de acordo com a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Mobilidade.

Para o secretário de Administração de Tiradentes, Tomás Oliveira, a retomada das operações regulares no terminal é importante. “Beneficiaria muito o turismo de nossa cidade e da região”, pontua. O prefeito de São João del Rei, Nivaldo Andrade (PSL), diz que vê “com entusiasmo” a reativação: “Vai estimular o crescimento turístico e econômico de toda a região”

Saiba mais

Voe Minas. O aeroporto de São João del Rei fez parte do programa Voe Minas, projeto de integração regional criado pelo Estado em agosto de 2016. O projeto subsidiava voos entre Belo Horizonte e cidades do interior com o objetivo de fomentar negócios e desenvolver o turismo. As viagens eram realizadas em aviões de pequeno porte, com capacidade para até nove passageiros.

Encerrado. Em junho deste ano, o Estado anunciou a descontinuidade do programa

 


 

 

E-mail: contato@regionaldigital.com.br

REGIONAL DIGITAL 2020. Todos os Direitos Reservados.
REGIONAL DIGITAL
INFORMAÇÃO DE QUALIDADE!
Desenvolvedor: SITE OURO